As responsabilidades da maior potência de África

A seleção tunisina carrega, na chegada à Rússia, a responsabilidade de quem ocupa o melhor ranking FIFA entre todas as seleções africanas. Valerá a 14.ª posição um inédito apuramento para a fase a eliminar?

O CALENDÁRIO

A Tunísia estreia-se grupo G frente à Inglaterra, a 18 de junho. Cinco dias depois defronta a Bélgica e, a 28 de junho, tem encontro marcado com o Panamá.

Caso saia 'viva' dos duelos com os dois adversários teoricamente mais fortes, um triunfo sobre o estreante Panamá poderá mesmo valer um inédito apuramento para os oitavos de final.

Eric Gaillard

O HISTÓRICO

A caminho da quinta participação em campeonatos do mundo, as "águias de Cartago" nunca foram além da fase de grupos. Foi assim em 1978, 1998, 2002 e 2006.

A última participação tunisina num campeonato do mundo registou-se no Alemanha'2006

A última participação tunisina num campeonato do mundo registou-se no Alemanha'2006

Damir Sagolj

Um eventual apuramento será, por isso, um feito histórico para os comandados de Nabil Maaloul.

Maaloul assumiu o comando técnico da Tunísia no ano passado

Maaloul assumiu o comando técnico da Tunísia no ano passado

Zoubeir Souissi

A FIGURA - WAHBI KHAZRI

Aos 27 anos, o médio do Rennes é um dos destaques de uma seleção repleta de ilustres desconhecidos para a esmagadora maioria dos adeptos portugueses.

Com 12 golos em 37 internacionalizações, Khazri vai dar trabalho a Simon Mignolet, Jaime Penedo e Joe Hart.

Eric Gaillard

Autor: André de Jesus