A emoção de um regresso, 36 anos depois

Um apuramento suado, alcançado apenas no play-off frente à Nova Zelândia, valeu ao Peru o regresso a um campeonato do mundo 36 anos depois.

O CALENDÁRIO

A seleção peruana estreia-se no grupo C do Mundial frente à Dinamarca, a 16 de junho. Joga depois com a França, a 21 de junho, e defronta a Austrália cinco dias mais tarde.

Depois de medir forças com as duas seleções teoricamente mais fortes do grupo, os peruanos esperam chegar ao último encontro com o cenário de apuramento ainda em aberto.

A seleção peruana só garantiu bilhete para o Rússia'2018 no play-off intercontinental, frente à Nova Zelândia

A seleção peruana só garantiu bilhete para o Rússia'2018 no play-off intercontinental, frente à Nova Zelândia

Mariana Bazo

O HISTÓRICO

O povo peruano acompanha com expectativa o regresso de La Blanquirroja a um campeonato do mundo, quase 40 anos depois da última participação.

A última presença do Peru num Mundial foi no Espanha'82, onde foi eliminado logo na fase de grupos

A última presença do Peru num Mundial foi no Espanha'82, onde foi eliminado logo na fase de grupos

As melhores prestações aconteceram ambas na década de 70 - 1970 e 1978. Uma geração comandada por nomes como Teófilo Cubillas, Pedro León ou Alberto Gallardo chegou por duas vezes aos quartos de final.

Cubillas, antigo jogador do FC Porto, foi uma das principais figuras da geração de ouro do futebol peruano

Cubillas, antigo jogador do FC Porto, foi uma das principais figuras da geração de ouro do futebol peruano

Helmuth Lohmann

A FIGURA - JEFFERSON FARFÁN

Aos 33 anos, Farfán continua a ser uma das principais referências do ataque peruano. Continua a valer pelos golos mas mais pela experiência que acrescenta aos comandados de Ricardo Gareca.

Douglas Juarez

O extremo do Lokomotiv de Moscovo é, por isso, uma das maiores esperanças de Los Incas para esta campanha em solo russo.

Guadalupe Pardo

Autor: André de Jesus