"Super Águias" querem voar além dos oitavos

A seleção nigeriana marca presença na fase final de um campeonato do mundo pela terceira vez consecutiva. As "Super Águias", que nunca foram além dos oitavos de final, querem aquecer os russos com o habitual perfume do futebol africano e não precisam de recuar muito no tempo para encontrar exemplos que sirvam de inspiração.

O CALENDÁRIO

A Nigéria entra em campo no grupo D frente à congénere croata a 16 de junho, defrontando depois a Islândia, a 22 de junho, e a Argentina a 26.

Reuters Staff

Partem como outsiders mas reencontram a Argentina na fase de grupos, seleção de boas memórias para os nigerianos, já que em 2014 garantiram o 2.º lugar na fase de grupos e a passagem aos oitavos de final, apenas atrás da albiceleste.

No Brasil'2014, um triunfo sobre a Bósnia (1-0) valeu o apuramento para os oitavos de final

No Brasil'2014, um triunfo sobre a Bósnia (1-0) valeu o apuramento para os oitavos de final

Michael Dalder

O HISTÓRICO

Os oitavos de final têm sido a etapa limite nas caminhadas nigerianas em campeonatos do mundo.

Nas cinco participações anteriores, a seleção nigeriana alcançou a fase a eliminar em três ocasiões: 1994, 1998 e 2014.

No EUA'94, a seleção nigeriana vendeu cara a eliminação nos oitavos de final. Os italianos só empataram o encontro aos 88 minutos e apenas chegaram à vitória no prolongamento

No EUA'94, a seleção nigeriana vendeu cara a eliminação nos oitavos de final. Os italianos só empataram o encontro aos 88 minutos e apenas chegaram à vitória no prolongamento

AI Project

A FIGURA - JOHN OBI MIKEL

O médio de 31 anos alinha agora pelos chineses do Tianjin Teda, mas conta no currículo com uma passagem de 11 temporadas pelo Chelsea, onde conquistou 1 Liga dos Campeões, 1 Liga Europa e 2 campeonatos ingleses, entre outros troféus.

Obi Mikel foi uma das bases da conquista do bronze no torneio olímpico do Rio'2016

Obi Mikel foi uma das bases da conquista do bronze no torneio olímpico do Rio'2016

AI Project

O capitão das "Super Águias" será, por isso, um misto de talento e veterania, decisivo no equilíbrio do meio-campo nigeriano.

Mariana Bazo

Autor: André de Jesus