"Socceroos" querem saltar mais alto na Rússia

A caminho da quinta participação em campeonatos do mundo, a seleção australiana apostou na experiência do holandês Bert van Marwijk para comandar os "Socceroos" em mais uma campanha na fase final de um Mundial.

O CALENDÁRIO

A Austrália entra em ação no grupo C frente à seleção francesa, a 16 de junho. A 21 de junho, defronta a Dinamarca e fecha a fase de grupos diante do Peru, cinco dias mais tarde.

Os australianos vão procurar surpreender num grupo em que ambas as seleções europeias partilham maiores responsabilidades, com destaque para a França.

Steve Christo

O HISTÓRICO

Nas quatro participações anteriores em Mundiais, o melhor que os "Socceroos" lograram foi uma ida aos oitavos de final, em 2006.

Em solo alemão, a equipa australiana contava com jogadores como Mark Schwarzer, Mark Viduka ou Tim Cahill. Caíriam apenas ao minuto 90 dessa eliminatória, aos pés da seleção italiana, com um penálti de Totti.

AI Project

A FIGURA - TIM CAHILL

O avançado de 38 anos, que agora milita no Millwall, clube que luta para subir à Premier League, continua a ser uma referência na seleção australiana.

Steve Christo

Para além dos 50 golos, conta ainda mais a experiência trazida pelas 105 internacionalizações.

David Gray

Autor: André de Jesus